Inscrições abertas na primeira escola de surf do Piauí

 

Para quem pensa que o litoral do Piauí não tem onda, saiba: o estado conta com seus próprios campeonatos de surf e até recebe atletas de outros estados em suas etapas. Mas, como aprender esse esporte se não existe escolas por aqui?

Não existia! Já temos a primeira escola de surf do Piauí: a Vem ser surfista. A expectativa é atender aos diferentes públicos, de várias idades, levando mais uma opção de esporte e lazer ao litoral piauiense.

Para quem quer iniciar, a praia de Atalaia, em Luís Correia, com ondas longas e calmas é perfeita. Por isso mesmo, será o cenário da primeira turma da escola, prevista para os dias 29, 30 de abril e 1º de maio, com horários entre manhã e tarde. Grande pedida para o feriado prolongado do dia do trabalhador!

As inscrições já estão abertas pelo site vemsersurfista.com.br e encerram-se no dia 22 de abril, mas a expectativa é de que a primeira turma seja formada até o dia 31 de março… até porque tem desconto promocional de pre-lançamento até essa data.

É possível ainda comprar aulas avulsas, de acordo com a necessidade e disponibilidade do aluno. Para isso, basta acessar o site vemsersurfista.com.br ou, ainda, pelo WhatsApp da escola + 55 86 99454-0566.

Segundo o idealizador da escola, o surfista Ravel Almeida, o surf no Piauí ainda é pouco valorizado, mas possui um grande potencial. “Agora podemos ofertar aos turistas e aos locais essas aulas. Acredito que com o crescimento do esporte o mercado local do surf irá se beneficiar de um modo geral“, afirma.

A escola de surf conta com apoio de uma instituição do Ceará, a EBS Titanzinho (que já funciona há 22 anos e é dirigida por João Carlos Fera, na praia do Titanzinho) que é credenciado pela Isa (Internacional Surf Association) no nível dois e vai prestar consultoria para a Vem Ser Surfista.

E são vários os benefícios do surf, que promove a saúde e bem-estar: a remada melhora o sistema cardiovascular e aumenta a resistência. Também através dela, os músculos dos braços, ombros e costas são trabalhados proporcionando mais força.

Além disso, ao colocar-se em pé quando pega uma onda, o equilíbrio que necessita e todos os movimentos que faz enquanto surfa a onda, vão fazer com que o surfista trabalhe os músculos das pernas e do abdômen.

Por fim, sendo um desporto que se pratica ao ar livre, pode usufruir de toda a tranquilidade que a natureza tem para oferecer, incluindo o alívio do stress do dia-a-dia.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pin It on Pinterest